Metamorfose


.
.
.
Qual ave, já cantei, feliz, risonho,
De ave, só penas tenho; o mais... morreu!
.
Para quê lamentar? Que sucedeu?
Que pessimismo horrível e medonho!
Desnecessário é chorar um sonho,
Absurdo procurar quem se perdeu!
.
Porque partiste assim, tão desdenhosa,
Deixando um coração apavorado
És livre, procedeste muito bem!
.
Troça de mim, garota caprichosa...
Mas ouve este conselho: tem cuidado;
Olha que atrás de tempo... tempo vem!...
.
Quem era o mais alegre do que eu,
E quem agora vive mais tristonho?!...
.
.
.
--------------------------------------------------------------------------------------
Obs.: Galera, Ano novo!!! Mandem essa "garota caprichosa" que foi 2007 ir com o tempo, pq tempo vem!!!
Eu meio que alterei o texto para um outro tipo de mensagem, mas me perdoe o autor (FRANCISCO QUARTA).
Ainda vou posta a ilustração, mas de fato será de um novo amigo, Dex.